domingo, 27 de maio de 2012

O Esquilo



Cioso das suas nozes
Que guarda na intimidade
O esquilo é imune às vozes
Que falam de caridade

Ao esquilo mais não se exige
Por ser um animalzinho
Mas o homem dos dias de hoje
Não pode viver sozinho

A vida em sociedade
Exige cooperação
As leis da felicidade
São as leis do coração


Março 2012

Sem comentários:

Enviar um comentário