domingo, 3 de novembro de 2013

Agentes secretos do Bem‏


Vultos na chuva fina. Dormem debaixo das pontes da vida. Vivem em casa humilde. Não lhes luz ouro ou seda ou púrpura. Pacientes na incerteza, valentes no sofrimento. Oram pelos outros em segredo. Varrem chãos e mágoas. Cada gota de chuva é uma pérola que nos lava a alma e enriquece o mundo.

Guiomar (dedicado a V.)

ENL, 3.11.13

Sem comentários:

Enviar um comentário