quarta-feira, 14 de agosto de 2013

'Que Revolução?'



Revolução! Revolução!
Ouve-se ao longe o bramir
Clama em fúria a multidão
Mas não sabe p’ra onde ir

A cupidez de uns poucos
Prejudica a maioria
E os sistemas vãos e ocos
Não nos trazem melhoria

Se os horizontes humanos
Só enxergam esta vida
O mundo e seus desenganos
São um beco em saída

Todos querem ser felizes
Ter abrigo e o que comer
Mas todos são aprendizes
E há muito p’ra aprender

Para melhor se viver
Para um mundo bem melhor
Que revolução fazer?
Revolução interior!

Mas quem nos pode instruir
De forma sábia e sã?
Só há que redescobrir
A eterna mensagem cristã


11.8.2013

ENL, s/ assinatura

Sem comentários:

Enviar um comentário