domingo, 7 de setembro de 2014

Palavras à Deriva



A linguagem falada e escrita é um substituto provisório da linguagem do pensamento, prevalecente no Mundo Espiritual.
Imperfeita e insuficiente, à palavra dita ou impressa falta a intenção exacta do emissor.
Sem o impulso do coração de quem a profere, a palavra é um veleiro sem vento.
Ao receberes qualquer mensagem, cuida de averiguar o rumo que lhe imprimiram. Decisões infelizes são tomadas com base no próprio juízo, quantas vezes precipitado, sobre as palavras alheias. Naufragam amizades, crenças e bons propósitos, devido a equívocos facilmente evitáveis.
Humberto

ENLSB, 7.9.2014

Sem comentários:

Enviar um comentário